Obscura fuga da menina apertando sobre o peito um lenço de renda

Imagem
 
Fotografia: Elenize Dezgeniski
 
 
Obscura fuga da menina apertando sobre o peito um lenço de renda
Texto de Daniel Veronese
Direção de Sueli Araujo
Com Ciliane Vendruscolo, Greice Barros, Kenni Rogers, Luiz Bertazzo e Rafael di Lari
 
Teatro Novelas Curitibanas
13 de fevereiro a 16 de março
quinta a domingo às 20h
Anúncios

Teatro curitibano começa 2014 aquecido com estreias, por Helena Carnieri

 

Imagem

Foto de Elenize Dezgeniski.

 

Ano novo, teatro novo. Por mais que as possibilidades de incentivo sejam consideradas limitadas na cidade, vários grupos de Curitiba já tocam projetos novos e as estreias estão ocorrendo. “O desejo de fazer é muito maior do que as reais possibilidades”, define a diretora Sueli Araújo, da CiaSenhas.

O grupo dela ainda está de ressaca da boa temporada de 2013, quando levou seu espetáculo Circo Negro a São Paulo, Porto Alegre, Londrina e São José do Rio Preto (SP). A comemoração precisou ser encurtada para que o coletivo se concentrasse na próxima estreia – no sorteio dos grupos escolhidos para ocupar o Teatro Novelas Curitibanas, a CiaSenhas pegou a primeira estreia, em 13 de fevereiro. Obscura Fuga da Menina Apertando sobre o Peito um Pano de Renda parte, assim como Circo Negro, de um texto do argentino Daniel Veronese. “Mas é outra pegada, ainda que a metalinguagem e a exposição da teatralidade e o jogo com a plateia permaneçam”, contou Sueli à Gazeta do Povo. Outra boa notícia vinda do grupo é a intenção de voltar a realizar a Mostra Cena Breve, em outubro – contanto que surja um patrocínio.

 

Leia a matéria na íntegra aqui.